quarta-feira, 11 de abril de 2007

Viagem de Páscoa

Ciao!


No meu segundo fim-de-semana em terras italianas (Páscoa) surgiu a oportunidade de viajar um pouco, juntamente com alguns colegas da ESA.

E assim foi. Alugámos um carro (Fiat Punto) em Roma, na sexta-feira santa, e seguimos viagem, pela auto-estrada, em direcção à Úmbria.

A primeira paragem foi em Assis (Assisi), ao início da tarde, onde pudemos visitar a catedral de S. Rufino e a basílica dedicada a S.Francisco, onde este se encontra sepultado.
Uma cidade medieval bastante agradável e com vários pontos de interesse turístico.



Continuámos a viagem e parámos em Perugia onde, depois de muitas subidas e descidas, encontrámos um hostel para passar a noite.

Um jantar saboroso, seguido de uma passeggiata pelo centro antigo e de umas cervejas num pub e na escadaria da Piazza IV Novembre, acompanhados pela população local, resume uma noite curta mas bem passada.


Sábado de manhã, depois de um pequeno-almoço bem doce, com algum chocolate local, lá fomos de encontro à Toscana.


Chegados a Florença (Firenze), começámos a procurar um sítio onde passar a noite, o que se revelou impossível, pois estava tudo lotado.

Sendo assim, almoçámos e visitámos alguns dos muitos pontos de interesse da cidade, como o Duomo (catedral), a Piazza della Signoria (onde se encontra uma réplica da estátua de David, por Miguel Ângelo) ou a Ponte Vechio.

Uma grande parte da arte existente em Florença ficou por visitar, nomeadamente os museus e galerias de arte, pelo que uma futura visita é quase obrigatória.



Depois de um belo gelado, seguimos viagem até Pisa, directamente para a pousada da juventude. Uma vez instalados, fomos em busca de um sítio para jantar. Lá encontrámos o restaurante Dantesco, que era o mais concorrido da noite, com cerca de duas pessoas. Apesar disso, o jantar foi bem agradável, e acompanhado de um belo vinho tinto da Toscana.

Conhecemos então a louca vida nocturna de Pisa, tendo encontrado uma multidão de talvez 15 pessoas num bar e 2 numa discoteca (incluindo o segurança e o barman), sendo que nesta última não entrámos.

Domingo de manhã vimos a famosíssima torre de Pisa, situada num recinto que contém ainda o Duomo e o Baptistério, e almoçámos num restaurante ao lado, concebido para ganhar dinheiro à custa dos turistas que ali vão (uma mini-pizza e uma água por 11€...).
E basicamente Pisa resume-se a esse recinto, não tendo praticamente mais nada para ver.



A viagem continuou, e a paragem seguinte foi em Siena, talvez a mais bela cidade medieval de Itália, que conserva ainda a grandeza exibida nos séculos XIII e XIV. A Piazza del Campo é considerada a mais bonita piazza de Itália, e todas as ruas labirínticas em seu redor dão a sensação de estarmos noutra época histórica. Possivelmente a mais agradável cidade por onde passámos, valeu bem a pena a visita.


Finalmente, seguimos caminho em direcção a Roma, desta vez por uma estrada secundária. Esta veio a revelar-se uma boa opção, pois deparámo-nos com as fantásticas paisagens da Toscana, repletas de colinas verdes. Um regalo para os olhos, assistir ao pôr-do-sol naquela zona.


E assim foi. Tendo em conta que estava em Itália há uma semana, foi um fantástico começo, antes mesmo de ter visitado Roma.



Ciao!

1 observação(ões) de carácter irónico ou mordaz:

Lisa disse...

So mesmo pa dizer que...QUERO UM DAQUELES CHOCOLATES DA FOTO ok?? Prometes...fico à espera:)